Projetos

Leitura.me

Parentalidade
Redenção - Ceará

Leitura.me

2ª FASE

Instituição de Ensino Superior:  Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afrobrasileira - UNILAB

Participantes

Representante:

Antônio Marcos de Sousa Silva

Alunos:

Jessica Maria Albuquerque Basilio
Luana Lima Gonçalves
Virgínia Braga da Silva Santos

Descrição do Projeto

O projeto tem como objetivo  criar um programa de apadrinhamento de leitura, oferecendo a oportunidade a pessoas físicas de se tornarem padrinhos de leitura de crianças carentes, por meio de uma assinatura mensal, conectando quem quer ajudar e quem precisa ser ajudado. Esta conexão vai ocorrer por meio de tecnologia a ser desenvolvida (no início operando através de whatsapp, em paralelo com o desenvolvimento de um aplicativo e site). Isso é importante porque a leitura na primeira infância ajuda a criança em seu desenvolvimento emocional, social e cognitivo, sendo competências essenciais para o ser humano. A iniciativa conta com os seguintes cursos: a pedagogia contribui ajudando a escolher os livros para cada idade; a eng. de Produção apoia a criação do produto, público-alvo, modelagem de negócio e aspectos gerais da organização; a sociologia entende o acesso ao livro e a leitura como ferramentas de ascensão social, e a filosofia ajuda no processo de transição do pensamento concreto ao abstrato, desenvolvendo crianças em suas relações políticas, éticas e lógico-linguísticas.

Os beneficiários são são crianças de 0 a 6 anos, também sendo possível que padrinhos optem por um modelo cruzado, no qual farão a assinatura para receber o livro em casa e ao mesmo tempo enviar o mesmo livro para outra criança, com o objetivo de dar acesso ao máximo de crianças aos livros paradidáticos e à leitura, gerando impacto escalável.

Contatos:

Antônio Marcos de Sousa Silva: marcos.silva@unilab.edu.br

Outros Projetos

VENCEDOR
Cidade Amiga da Criança
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro
No Brasil há uma enorme desigualdade no acesso à saúde e à educação. Na comunidade da... Leia mais

Remodal